Mês: dezembro 2019

A desgraça de Jaboatão tem sido grande parte do eleitorado apostar em políticos aventureiros

O último dia do ano, entrando e saindo do calendário com as mesmas cores dos que o antecederam, acaba carregando certa magia, a renovada esperança de que é possível que agora aconteçam coisas que, embora tão desejadas e possíveis, passaram à margem do tempo neste quase finado 2019. A despeito de qualquer ceticismo, a expectativa otimista invade as horas finais, que vão sobreviver desde as flores que chegam ao mar por Iemanjá até os ritos das celebrações cristãs. O novo ano haveria de se realizar plenamente, no campo das iniciativas políticas, ajudando o município de Jaboatão a reduzir os graves problemas e diferenças que separam os segmentos sociais; se não extingui-las, pelo menos minimizá-las, de forma a não se perpetuarem tão injustas. Fica o desejo de que assim também pensem os atores interessados, os eleitores para que em 2020 diga não aos políticos aproveitadores, desonestos e oportunistas. “A desgraça de Jaboatão é que grande parte do eleitorado aposta, acredita e confia em aventureiros, o resultado tem sido drástico para o município”.

Sem apego pelo cargo, Mourão quer o bem do país, do povo e do governo

Indicado vice presidente da República na chapa de Jair Bolsonaro (sem partido), pelo presidente nacional do PRTB Levy Fidelix, o general Hamilton Mourão  quando assumiu, agia e falava o que pensava, mas sempre pensando no bem do governo e do país. As falas, claro, geraram ciúmes e começou a incomodar o Planalto, os filhos do presidente e o próprio Jair Bolsonaro. Nas redes sociais, o desajustado lunático Olavo de Carvalho insuflou um ataque coordenado ao general. Mourão foi também diversas vezes insultado e atacado pelos filhos do presidente, mas sempre manteve à linha de um general disciplinado, visionista, preparado, sem ganância nem apego pelo cargo. Diante de tantos desencontros e disse me disse, educadamente o general chegou a mandar um recado indireto para o presidente: “Caso seja descartado em uma eventual campanha de reeleição do presidente Jair Bolsonaro em 2022, vou para o Posto 6, no Rio, jogar vôlei de praia.

Prefeito de Jaboatão: Aos aliados e amigos nada, a família tudo, inimigos canja para lhe impor uma derrota

O prefeito de Jaboatão clã Ferreira já confessou não gostar de ler. Prefere gravar vídeos, aparecer na TV, rádios e blogs, que transmitem as suas falas quase na íntegra, às matérias que arredondam as falsas notícias da sua péssima administração. Todo governante, em qualquer estágio da administração, deveria se debruçar sobre os ensinamentos de Nicolau Maquiavel, italiano de Florença que nasceu em 1469 e morreu em 1527.  Na sua obra mais famosa, “O Príncipe”, Maquiavel, defende a tese de que para ser bem-sucedido, o governante deve equilibrar a Virtude, a fim de assegurar seus interesses políticos e de poder. O prefeito não costuma dá brecha aos amigos, nem tampouco aos aliados, concentra tudo no projeto ganancioso de poder da família Ferreira. Estas atitudes destemperadas do “Rei“, lhe renderam um fracasso anunciado desde que assumiu a prefeitura. “Aos amigos e aliados nada, a família tudo, aos inimigos canja para lhe impor uma provável derrota em 2020. 

Em 2020 Jaboatão poderá voltar a ter um prefeito com raízes políticas no município

A partir de de janeiro de 2020, eleitores, partidos e candidatos de Jaboatão devem estar atentos  para eleições municipais do ano que vem, quando serão escolhidos prefeito, vice-prefeito e os 27 vereadores. As eleições municipais vão um alinhamento da polarização entre candidatos da oposição e o prefeito que deve tentar a reeleição. Mesmo havendo uma divisão na oposição, é certo que a união aconteça num provável segundo turno, se ocorrer contra o prefeito. O povo de Jaboatão terá uma grande oportunidade de eleger um político da terra, e voltar a ser administrado com zelo e responsabilidade. Tem muita gente sonhando que isso aconteça devido o município não ter tido sorte com políticos “forasteiros“, paraquedistas que chegam de última hora para ser candidato, se elege, usa e abusa do e depois dá um até logo. “Jaboatão dará um passo importante elegendo uma liderança com raízes políticas no município para promover as mudanças, o desenvolvimento econômico e social”.

Expressivas votações: Deputados importados e inoperantes viram as costas para Jaboatão

Nas eleições de 2018, muitos foram os deputados que tiveram expressivas votações em Jaboatão, mas não há contrapartidas desses políticos importados. Mal se lembram, ou visitam o município, nem sequer destinam recursos para execução de obras na cidade. O prefeito tem o pai e irmão deputados, mas são três políticos inoperantes, só visam o projeto familiar de poder da família Ferreira. A deputada Gleide Ângelo (PSB), que abocanhou mais de 66.779 mil votos, pouco conhece de Jaboatão. Já os deputados pastor Cleyton Collins e Joel da Harpa, circulam pela cidade apenas para fazer politicagem, mas nada fazem em benefício do povo nem tampouco pelo município, mas querem ser prefeito. A deputada Clarissa Tércio (PSC), aliada dos Ferreira, se mantém surda e muda, não acrescenta nada para Jaboatão. Evidente que Jaboatão tem um prefeito incompetente e despreparado, faz uma gestão vazia de projetos pela falta de capacidade técnica de seus secretários, daí não vem recursos e à cidade continua no atraso e abandono.

PF e Civil na cola de prefeitos de PE que desviam recursos para campanha eleitoral de 2020

Após a Operação Cavalo de Troia deflagrada pela Polícia Civil em Nazaré da Mata, que investiga a presidente da Câmara Municipal, Maristela do Gás (Podemos), por suspeita de desviar mais de R$ 1 milhão de reais da Câmara na chamada “rachadinha“. A Polícia Civil e Federal miram agora os municípios da Região Metropolitana do Recife (RMR). Comenta-se nos bastidores que os alvos principais são Cabo de Santo Agostinho, que já teve vereadores  envolvidos na prática do crime, Jaboatão dos Guararapes, Paulista e Ipojuca. Há comentários são que até a entrada do ano novo pode haver novas investidas com afastamento e até prisões de vereadores e servidores cargos comissionados pela prática do crime. Não é só vereadores, alguns prefeitos também estão sendo investigados com suspeita de “mutreta” em licitações com fins de desviar recursos públicos para fazer “caixa” visando ás eleições municipais que ocorrem no próximo ano.

O prefeito de Jaboatão se “lambuzou” no vatapá e morreu afogado numa cacimba rasa

O prefeito clã Ferreira de Jaboatão se lambuzou no vatapá, se deslumbrando no poder, inebriado por uma ambição política. Quebrou a cara pela ganância, falta de habilidade, experiência em gestão pública e incompetência para administrar à cidade que desconhecia. Perdido no espaço sideral desde que assumiu a prefeitura, vem acumulando erros causando danos e prejuízos aos cofres da prefeitura. Contratos irregularidades pela falta de responsabilidade e capacidade no processo de licitações, o que levou o Tribunal de Contas do Estado (TCE), intervir determinando o cancelamento de vários contratos  com suspeita até de crime contra o patrimônio público. Administrar uma cidade da grandeza de Jaboatão, não é a mesma coisa que subir num palco e dá uma de cantor de “banheiro” que só agrada a si mesmo. O prefeito se atropelou nas próprias pernas quando mal cuidava da cidade já pensava em disputar o governo do estado, sem o mínimo capital político para alçar importante cargo. “O prefeito se lambuzou no vatapá e morreu afogado numa cacimba rasa”.

Instituto Protagonize promove workshop com a presença de Patrícia Domingos

A Bandeira do Combate a corrupção é levantada em todo o estado de Pernambuco” A delegada Patrícia Domingos,  que vem tendo o nome lembrando em várias pesquisas de opinião para disputar a prefeitura do Recife, realizou junto com o instituto  Protagonize, na qual ela é  embaixadora aqui no estado, um workshop sobre formação política com vários  palestrantes de renome em Pernambuco e no Brasil. Políticos de mandato e profissionais de comunicação deram sua contribuição no sentido  de fomentar a renovação política no estado. Estiveram presentes o Deputado federal  Daniel Coelho, a deputada estadual  Priscila Krause, os vereadores do Recife Renato Antunes e Jaime Afora, além do Procurador do Recife e Pré candidato a prefeito pelo  Partido  Novo  Charbel  Maroun. Todos  expoentes  e atuantes  em suas áreas. O líder  da  ONG Liberdade PE  em Jaboatão, Romulo Félix  foi selecionado para participar do evento  e falou  sobre a experiência. “Iniciativa importante e enriquecedora no sentido de participarmos de forma mais efetiva do processo político em nosso município. O combate a corrupção é uma obrigação de todo cidadão. Patrícia tem feito um trabalho extraordinário  em todo o estado, e Jaboatão não ficaria de fora, formando cidadãos fiscalizadores e aumentado esse exército que tem feito muitos políticos corruptos  tremerem”, concluiu  Romulo Félix em sua fala.

Presidente da Câmara de Nazaré da Mata é suspeita de desviar R$ 1 milhão em “rachadinha”

A Polícia Civil investiga a vereadora Maristela do Gás (PHS), presidente da Câmara Municipal de Nazaré da Mata na Zona da Mata de Pernambuco, pela suspeita de desvio de mais de R$ 1 milhão em esquema de “rachadinha“, com a ajuda de dois assessores. O dinheiro seria usado ilegalmente para subsidiá-la nas eleições do próximo ano, segundo os investigadores. Os indícios apontam para o esquema de ‘rachadinha‘, ou seja, dois assessores da presidente da Câmara recolhiam uma quantidade de dinheiro em espécie e repassavam para o pai, que possui empresas em Nazaré da Mata, Carpina e Buenos Aires e lavava esse dinheiro“, explicou o chefe da Polícia Civil, Joselito Kerhle do Amaral. Com a apreensão dos celulares de Maristela do Gás, a expectativa da polícia é encontrar mensagens que comprovem o esquema, para que sejam aplicadas as medidas cabíveis aos envolvidos. Ao todo, 70 policiais civis, entre delegados, agentes e escrivães, participaram da operação.

Guilhotina em Marília: Humberto Costa defende que o PT continue junto do PSB

Em meio à tentativa de uma ala do PT em lançar a candidatura de Marília Arres a prefeitura do Recife, o senador Humberto Costa aproveitou a inauguração do Compaz Miguel Arraes na Zona Oeste, para sinalizar para o PSB. Costa disse que deseja continuar junto do PSB em 2020. O petista foi um dos políticos que criticaram o governo Jair Bolsonaro (sem partido) na entrega do equipamento e pregou unidade contra o grupo dele. “Esse é um momento em que podemos ter a exata dimensão entre quem nos governa no nível federal e muitos que já governaram o Brasil e que hoje governam uma parte importante do pais, entre os quais colocamos os governadores do Nordeste. O governo federal tem um ano que assumiu e durante um ano não vimos a construção de uma única obra que tivesse finalidade social”, acusou.