Aliado dos Ferreira, Feliciano é acusado de corrupção, assédio sexual e recebimento de propina

Deputado federal aliado da família Ferreira e amigo íntimo do prefeito de Jaboatão, pastor  Marco Feliciano foi expulso do Podemos na tarde desta segunda-feira (9). Em seguida, porém, a decisão foi avocada pelo diretório nacional do partido. Ou seja, a executiva nacional chamou para si a decisão de julgar a denúncia feita contra o parlamentar. O processo disciplinar contra Feliciano é baseado em uma série de acusações, entre elas, o reembolso pela Câmara de um tratamento dentário no valor de 157 mil reais. Contra o deputado pesam também acusações de assédio sexual em seu gabinete, recebimento de propina, pagamento de funcionários fantasmas e até comentários contra o cantor Caetano Veloso.

Compartilhe em suas redes!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *