Incompetência da gestão e verborragia do prefeito agravam os problemas de Jaboatão

O município de Jaboatão é mesmo uma “baleia ferida“, que foi arpoada várias vezes, alvo de oportunistas, nunca teve sorte com políticos itinerantes. Há trinta anos que vem se afundando em problemas pela falta de grandes projetos, investimentos em obras estruturadoras. Perdeu nos últimos vinte anos várias empresas, industrias e fábricas pela falta de interesse de ex prefeitos, e o atual em promover incentivos fiscais, e melhorar a infraestrutura do município. Falta de prestígio político, interesse e comprometimento agravam o crescimento desordenado de Jaboatão. O município só é lembrando no cenário político do estado quando chega o período eleitoral, é o segundo maior colégio eleitoral  de Pernambuco com mais de 450 mil eleitores. Há mais de três anos no poder, o prefeito tem se mostrado um péssimo gestor, mas mostra que é bom de verborragia.

Compartilhe em suas redes!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *