Conselho Tutelar de Jaboatão: Empresa contratada não é especializada e prova pode ser anulada

Candidatos prejudicados na prova de seleção do Conselho Tutelar de Jaboatão, entram na justiça com pedido de anulação da prova objetiva no Conselho Municipal de Direitos  Defesa da Criança e Do Adolescente (CMDDCA-JG). O Instituto Darwin – Instituto de Apoio à Evolução da Cidadania, situado na Rua Coronel João Manguinhos, 623 – Bairro Novo Olinda PE, que foi contratado pela prefeitura de Jaboatão para elaboração da prova não tem qualificação profissional, dai todo erro e confusão. Para elaborar a prova, a empresa embolsou da prefeitura R$ 262.179,60, e tudo pode ser anulado. A incompetência e irresponsabilidade tem sido a principal marca desse desgoverno do prefeito Ferreira em apenas dois anos e meio de gestão. São problemas em todos os segmentos da administração, e mais uma vez o município paga um preço alto por estar sob o comando de um prefeito incapacitado de gerenciar uma grande cidade.

Compartilhe em suas redes!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *