Falso profeta: Prefeito de Jaboatão criou a sensação de que o povo precisava de um salvador

A cena se repete em quase todos os eventos evangélicos promovidos pela família Ferreira, mas pastores já enxergam deslizes na sede de poder. Para vencer a eleição em 2016, o clã Ferreira apostou todas as fichas no grande índice do segmento evangélico em Jaboatão. Se deu bem e foi eleito com a força da religião que a família usa para conquistar mandatos políticos. Agora o eleitorado evangélico anda desconfiado e promete surpresas que podem acontecer no pleito municipal que ocorrer este ano. Pastores de diversas igrejas insatisfeitos com o prefeito já andam conversando com pré candidatos da oposição, e podem dividir anda mais a classe evangélica no município. As mentiras criadas pelo prefeito foram sob medidas na campanha eleitoral para ganhar a eleição, dando a sensação de que Jaboatão precisava de um salvador, mas o povo de foi enganado por um falso profeta. “O “jeitão de pastor” do prefeito já não agrada mais a classe evangélica”.

Compartilhe em suas redes!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *