Jaboatão 2020: No xadrez político oposição planeja o cheque-mate no prefeito

Nas coxias da política, nos bastidores, o foco da oposição é arrumar a casa, sentir as ruas e planejar a sucessão municipal sem tirar o olho das aproximações, possíveis alianças, sempre de olho no Palácio da Batalha. Vereadores, por exemplo, aguardam ansiosos janela para trocar de partidos. Entre fervilhantes articulações, a escolha de parceiro é fundamental para o sucesso no pleito de 2020. Alguns pré candidatos a prefeito tem se movimentado de forma mais ativa, outros nem tanto. Como no xadrez, políticos hábeis  da oposição planejam o xeque-mate no prefeito com jogadas de antecedência. Em Jaboatão as peças do xadrez político de 2020 começam a ser movimentadas, mas ainda sem muita definição de quem vai ser apenas peão ou de quem terá o poder de dama (rainha), capaz de se movimentar para todos os lados, nas colunas, fileiras e diagonal. Desde 2017 quando o prefeito clã Ferreira assumiu, deu sinais de que não faria uma boa gestão, e continua patinando na incompetência o que pode lhe custar caro se for para reeleição.

 

Compartilhe em suas redes!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *