Manchas de óleo: A crise só melhorou com Mourão, diz governador Paulo Câmara

Desde a semana passada, Pernambuco viu algumas de suas principais praias serem invadidas por manchas de óleo. De novo: o problema havia surgido em setembro, o material foi retirado, mas voltou em maior quantidade. O desastre ambiental, diz o governador do estado, Paulo Câmara (PSB), tem impacto agravado pelo que classifica de demora do governo federal, situação que só mudou, em sua avaliação, quando o vice-presidente Hamilton Mourão (PRTB) assumiu a Presidência nesta semana, já que Jair Bolsonaro (PSL) está na Ásia.”Essa priorização com mais efetividade, a gente só conseguiu ver da última segunda pra cá, quando o presidente em exercício Mourão anunciou reforço [de 5.000 homens do Exército] para cuidar desses vazamentos”, afirmou. Não é a primeira vez que Mourão é elogiado até por adversários do campo da esquerda quando assume interinamente a Presidência. Centrado, Mourão tem procurado pregar a paz e pensar no Brasil invés de se envaidecer com o cargo de vice presidente.

Compartilhe em suas redes!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *