Na cola de prefeitos, MPPE e TCE faz recomendações de gastos durante pandemia

O procurador-geral de Justiça de Pernambuco, Francisco Dirceu Barros, assinou, em conjunto com o presidente do Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco (TCE-PE), Dirceu Rodolfo, recomendação conjunta para que os gestores públicos reavaliem todas as licitações, dispensas e inexigibilidades durante o período da pandemia do novo Coronavírus (Covid-19). O objetivo principal é garantir que os gastos realizados neste período pelo Poder Público sejam concentrados no imprescindível combate à situação de emergência em saúde por que passa o País. É importante que os gestores públicos tenham uma atuação preventiva e de alerta nas contratações públicas no período da pandemia. O prefeito de Jaboatão fez várias nomeações de cargos comissionados  em plena crise da pandemia, descumprindo as recomendações do MPPE.

Compartilhe em suas redes!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *