Nos últimos trinta anos, pesquisas erraram feio na disputa pela prefeitura de Jaboatão

Muitos políticos que caíram de paraquedas em Jaboatão não conhece a história política do município. Ignorar a força da oposição se valendo de pesquisas fabricadas é querer ganhar uma eleição no grito, e isso não funciona em Jaboatão. Em 1992, o então vice prefeito de Geraldo Melo  Luiz Carlos Matos, era favoritíssimo para ganhar a eleição. Seu principal adversário Humberto Barradas, que venceu a eleição no segundo turno, pontuava apenas 3% no início da campanha. Em 1996, a disputa foi ainda mais acirrada entre o ex prefeito Geraldo Melo, Ulisses Tenório e Newton Carneiro. Todas as pesquisas apontavam Geraldo e Ulisses no segundo turno, Geraldo era o favorito e liderava todas as intenções de voto. Disputaram o segundo turno Newton e Ulisses, Geraldo passou de primeiro para o terceiro lugar, a eleição foi vencida por Newton Carneiro. Em 2004, Newton Carneiro volta a prefeitura vencendo Geraldo Melo no segundo turno, novamente as pesquisas erraram. Já em 2008, Newton Carneiro que tentava a reeleição, foi derrotado por Elias Gomes, político recém chegado no município, começando a campanha em quarto lugar nas pesquisas, 3%, cresceu e venceu pela primeira vez uma eleição no primeiro turno em Jaboatão. Na última eleição em 2016, o ex vereador Manoel Neco iniciou a campanha em terceiro lugar, cresceu e perdeu no segundo turno numa eleição duvidosa, marcada por denúncias.

Compartilhe em suas redes!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *