Debochado, prefeito de Jaboatão atropela os ritos do cargo que ocupa

Que as eleição municipal em Jaboatão de 2016 não ocorreu dentro da normalidade, todos sabemos. Afinal, o que aconteceu na casa do principal adversário do atual prefeito Manoel Neco no segundo turno não é normal. Por enquanto, é possível dizer que o prefeito clã Ferreira é fraco, sua fraqueza é a fonte de sua força. Fraco como prefeito e forte como marqueteiro agitador. A cada manifestação, o prefeito atropela os ritos fundamentais para o cargo que ocupa, mas ao mesmo tempo, e exatamente por isso, mobiliza sua base orgânica, formada por pessoas sem o menor compromisso com à cidade. O deboche é o resultado da combinação entre a incompetência e prepotência. Fato, fato mesmo é que, de acordo com a estratégia traçada, o prefeito gasta uma dinheirama dos cofres da prefeitura com propagandas enganosas no rádio e televisão.

Compartilhe em suas redes!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *