Os folgados da Câmara: 505 deputados federais faltam no 1º dia de trabalho após recesso

Quinhentos e cinco deputados não voltaram ao trabalho após o fim do recesso parlamentar, que acabou nesta quinta-feira (1/8). Congressistas tiveram 19 dias de descanso, e, mesmo assim, “emendaram” a folga até a semana que vem. A Câmara só deve retomar as atividades na próxima terça-feira, dia 6 de agosto, quando ocorre a primeira sessão deste semestre. A falta injustificada, segundo o regimento interno da Casa, causa corte no salário — mas apenas em dias de sessão deliberativa. Contabilizados os três dias úteis (quinta, sexta e segunda), de faltas, o valor descontado chegaria a R$ 1,69 milhão. Mas não haverá encolhimento nas remunerações dos parlamentares, de R$ 33,7 mil. Dos 513 deputados com mandato, apenas oito registraram presença na Câmara. A lista inclui Fernando Rodolfo (PL-PE), Gonzaga Patriota (PSB-PE), Otaci Nascimento (Solidariedade-RR), Carmen Zanotto (Cidadania-SC), Bia Kicis (PSL-DF), Dr Zacharias Calil (DEM-G), Darcísio Perondi (MDB-RS), Greyce Elias (Avante-MG). 

Compartilhe em suas redes!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *