Políticos em extinção e aventureiros que querem se proteger, destino final é Jaboatão

Se os políticos em extinção ou aventureiros querem escapar da degola ou decolar, o lugar onde ficará bem escondido e protegido, o destino final é Jaboatão. para fazer um livro só com esses e outros casos. E não é só na ficção, afinal, poderia ser uma escolha de roteiristas, baseada numa percepção falsa. Isso tudo, unido à patética aceitação de parte do eleitorado que se vende ou se deixa enganar com mentiras, falsas promessas, e caem no “conto do vigário“. Misturado a isso, batido no liquidificador, vira um caldo amargo que está cada vez mais difícil a outra parte consciente do povo de engolir. Conter esse círculo vicioso, pode até ser difícil, mas não impossível de cortar pela raiz e não mais deixar ser plantado no município.

Compartilhe em suas redes!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *