Pré candidatos da oposição emitem nota de repúdio contra o prefeito de Jaboatão

“É preocupante que, segundo a Secretaria Estadual de Saúde de Pernambuco, no mês de maio ocorrerá o pico da pandemia e a nossa população esteja desprovida de ações eficientes por parte do poder público municipal para a contenção da contaminação pelo vírus. Em meio ao caos, o que vemos é a nomeação de apadrinhados políticos, que nada têm a ver com o combate à Covid-19, visando apenas as eleições deste ano. As ruas e feiras continuam aglomeradas e não há nenhuma campanha de conscientização voltada à população, além de pouco efetivo da guarda municipal auxiliando a fiscalização realizada pela Polícia Militar. No mesmo sentido, observa-se a omissão do prefeito e secretários na busca de soluções que visem a diminuição dos casos que aumentam vertiginosamente, retratada no atraso da construção de um hospital de campanha sem data concreta para iniciar o seu funcionamento, bem como na falta de transparência dos recursos recebidos do Governo Federal, além da utilização desta crise para fazer autopromoção demonstrando insensibilidade para com a situação atual. A política é uma ferramenta essencial para cuidar das pessoas, principalmente, em casos como o que estamos vivenciando, não devendo servir para benefício próprio como o prefeito está fazendo”.

Adelson Veras (PRTB)

Delegado Eduardo Porto (PTC)

Arnaldo Delmondes (PCdoB)

Daniel Alves (MDB)

Dr. Alfredo Costa (PT)

Joaquim Barreto (PMB)

Pastor Severino Silva (DC)

Professora Maíra Vilar (PDT)

 

 

 

Compartilhe em suas redes!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *