Demônio da cobiça: Pelo poder, prefeito de Jaboatão acende uma vela a Mammon

Ao tentar atrair lideranças da oposição com raízes políticas em Jaboatão, o prefeito enfiou o “ na jaca” mais uma vez. Conversou, conversou, e não obteve sucesso nas investidas, embora alguns se balançaram em aportar na sua telha de aranha. Só restou ao prefeito acender uma vela de culto a Mammon, o demônio da cobiça pelo poder. O prefeito deveria estar a serviço do município e do povo de Jaboatão, mas se aproveita do cargo para promoção política pessoal e da família Ferreira. Tem um ditado que diz; “Quem muito quer, acaba sem nada“, os Ferreira já se acham os portas bandeira da política de Pernambuco, mas o poder tem limites, é bom não subestimar a inteligência do eleitor nem ignorar seus adversários, que são muitos em busca de espaço.

Compartilhe em suas redes!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *