Prefeito na berlinda: Recurso é negado pelo TJ e CPI será instalada em Jaboatão

Lobo disfarçado de cordeiro, é assim que se apresenta o prefeito de Jaboatão clã Ferreira, que enganou o povo para ganhar a eleição. O Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), frustrou a tentativa do prefeito de Jaboatão, de barrar a instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito, (CPI). O desembargador Jorge Américo Pereira de Lira disse, em sua argumentação; “que nos autos do processo encontram-se preliminarmente presentes os requisitos constitucionais impostos para a criação da CPI”. Segundo ele, com efeito, no processo existe a subscrição de mais de 1/3 dos membros da Câmara de Vereadores; o fato determinado que seja a apuração de irregularidades no processo de locação do imóvel, bem como o prazo disciplinado pela Legislação. O prédio foi alugado pela Prefeitura de Jaboatão, com a justificativa de que seria mais em conta alugar um único espaço para abrigar todas as secretarias que compõem a administração municipal. O Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco (TCE/PE) já determinou uma medida cautelar para redução no valor do aluguel de R$ 410 mil para R$ 200 mil mensais.

Compartilhe em suas redes!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *