Presidente do Solidariedade Paulinho da Força é alvo de operação da Polícia Federal em SP

O presidente do Solidariedade, deputado Paulo Pereira da Silva, conhecido como Paulinho da Força, foi alvo de uma operação da Lava Jato na manhã desta terça-feira (14), em São Paulo e Brasília. De acordo com as investigações, foram constatados indícios de recebimento de doações eleitorais não oficiais durante as campanhas eleitorais dos anos de 2010 e 2012, no valor total de R$1,7 milhão. Ao todo, a Polícia Federal cumpriu sete mandados de busca e apreensão nas duas cidades. Agentes foram a sede da Força Sindical, no bairro da Liberdade, assim como no gabinete do deputado e em seu apartamento funcional em Brasília. Um escritório de advocacia também é alvo de investigações. A operação Dark Side, deflagrada em conjunto com o Ministério Público Eleitoral (MPE), mira esquemas de lavagem de dinheiro e falsidade ideológica eleitoral. Paulinho da Força e demais investigados foram alvo de um bloqueio de bens relacionado ao período investigado.

Compartilhe em suas redes!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *