PRESIDENTE É CHAMADO DE AUTORITÁRIO

O presidente da câmara de vereadores de Jaboatão, Adeildo da Igreja, tem sido acusado de dirigir o legislativo com “mão de ferro”, e também é acusado de perseguir colegas da oposição. O que se comenta na cidade,  quem não “rezar” pela cartilha do presidente é perseguido e sofre retaliações. ” O problema é que a câmara sob o comando de Adeildo, virou uma extensão do executivo, não tem independência, o prefeito é quem dá as cartas, e comanda os dois poderes”. Doze vereadores se rebelaram e declararam “guerra” ao prefeito e ao presidente. Até quando isso vai durar só o tempo dirá. Se mais dois vereadores pularem do barco e migrarem para a oposição, o prefeito perde a maioria e ai o jogo pode virar. Por: Adelson Veras.

Compartilhe em suas redes!
  • 4
    Shares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *