PSL já articula cenário sem o presidente Bolsonaro e pode unir-se a outros partidos

A direção do PSL, partido de Jair Bolsonaro,  está há semanas estudando formas de se sustentar caso o presidente decida mudar de sigla. Dirigentes da legenda, como Luciano Bivar (PSL-PE), afirmam que há perspectiva de união com outras agremiações. Articulação do PSL veio à tona a partir de sinais do próprio Bolsonaro de que pretende se distanciar do partido. O presidente nacional do PSL, deputado federal Luciano Bivar mantém o silêncio e não quer falar sobre as declarações do presidente  Bolsonaro.

Compartilhe em suas redes!

1 comentário em “PSL já articula cenário sem o presidente Bolsonaro e pode unir-se a outros partidos”

  1. Gerson Pereira da Silva

    Bolsonaro todo dia dá um tiro no próprio pé. Como pode um presidente da República desintegrar um partido q lhe cedeu a legenda e o ajudou a se eleger presidente? É mta truculência e falta de habilidade política e jogo de cintura…ele esquece q o congresso tem vez e voz? Q a bancada do partido pode boicotá-lo nas futuras votações? Ou ele acha q governa numa ditadura? Francamente, quanta ignorância e imaturidade. O eu maior inimigo é Ele mesmo. Ou seja, os filhos e sua língua.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *