Clima desfavorável: Se o TSE barrar, partido vai ficar de fora em 2020, diz Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quinta-feira (21) que caso a coleta eletrônica de assinaturas para a criação do partido Aliança pelo Brasil seja barrada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o novo partido ficará fora das eleições municipais realizadas no próximo ano. O prazo para que o partido seja registrado no TSE a tempo de disputar as eleições municipais de 2020 é apertado: termina em março do ano que vem. A expectativa de Bolsonaro é que o TSE autorize a coleta de assinaturas por meio eletrônico. Caso seja manual, a criação da legenda deve ficar para o final de 2020. Segundo Bolsonaro, “é impossível fazer em pouco meses”.

Compartilhe em suas redes!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *