Sérgio Moro atua para barrar CPI que pode investigá-lo no Congresso

Bateu o desespero da base de apoio a Sergio Moro no Congresso Nacional. A oposição protocolou nesta sexta-feira (13), pedido de abertura de uma CPI para investigar as relações do Ministério Público do Paraná com o então juiz Moro. O pedido de CPI, assinado por oito parlamentares da oposição,  cita uma “suposta articulação” entre os procuradores e o ex-juiz, com base nas revelações do The Intercept. Talvez o principal defensor de Sergio Moro na Câmara, o deputado Capitão Augusto (PL-SP), quando soube que o documento tinha sido protocolado, com 175 assinaturas, liderou um movimento para esvaziar o pedido. São necessárias 171. Augusto disse já ter convencido seis parlamentares a retirarem suas assinaturas, entre as quais Tabata Amaral (PDT-SP) e Sóstenes Cavalcante (DEM-RJ). Mas continua sua saga. O objetivo é retirar o apoio de deputados para “respirar

Compartilhe em suas redes!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *