Setor de serviços cai em junho e sinaliza país em recessão técnica, aponta IBGE

Responsável por 70% do Produto Interno Bruto (PIB) e por 72% dos empregos formais do país, o setor de serviços caiu 1% em junho, na comparação com o mês anterior, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A queda se soma à coleção de resultados negativos que a economia brasileira obteve em 2019. Com isso, há grande probabilidade de o país ter voltado ao quadro de recessão técnica, quando há recuo na atividade econômica por dois trimestres seguidos. O indicador do volume de serviços era o último que faltava para completar os dados setoriais do segundo trimestre deste ano. No primeiro, a economia brasileira se retraiu 0,2% e, pelo que acreditam analistas, uma taxa negativa deve se repetir entre abril e junho. O economista Alex Agostini, analista da Austin Rating, afirmou que o país tem dificuldades de se aquecer economicamente, mesmo com o avanço de medidas importantes, como a reforma da Previdência.

Compartilhe em suas redes!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *