STF deixa porta aberta para anular condenações da Lava Jato

 Supremo Tribunal Federal (STF) formou maioria de votos, nesta quinta-feira (26), para impor mais uma derrota à Operação Lava Jato. Por 6 a 4, a Corte anulou pela segunda vez uma sentença do ex-juiz Sergio Moro com base no argumento de que réus que firmaram acordos de delação premiada devem apresentar alegações finais antes dos demais réus no processo. As alegações finais são os últimos documentos apresentados pelas defesas dos réus contra as acusações, em que listam motivos pela absolvição. O julgamento no Supremo, porém, foi suspenso antes da proclamação do resultado e oficialmente não terminou, deverá ser concluída na quarta-feira que vem.

 

Compartilhe em suas redes!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *