STJ mantém bloqueio de R$ 92 milhões em bens do prefeito do Cabo Lula Cabral

Em julgamento realizado nesta quarta-feira (11), a Terceira Seção do Superior Tribunal de Justiça (STJ) manteve o bloqueio de 92 milhões de reais em bens do prefeito afastado do Cabo, Lula Cabral (PSB). A decisão foi por unanimidade. Os advogados do prefeito chegaram a tentar um adiamento do julgamento, mas a relatora Laurita Vaz não aceitou. Em agosto, o prefeito tinha apresentado no STJ um recurso de agravo regimental, pedindo a liberação de seus bens particulares, bloqueados por ordem do Tribunal Regional Federal (TRF5). Os advogados do prefeito queriam que o bloqueio fosse reduzido para “apenas” 6 milhões de reais. O desbloqueio de 92 milhões de reais em bens já tinha sido negado, em decisão monocrática, pela ministra Laurita Vaz, relatora no STJ dos processos da Operação Abismo, deflagrada em 2018 pela Polícia Federal. 

Compartilhe em suas redes!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *