Três delegados de PE são investigados pela Corregedoria da Secretaria de Defesa Social

A Corregedoria Geral da Secretaria de Defesa Social (SDS) abriu um processo administrativo disciplinar especial contra três delegados. São investigados Patrícia de Oliveira Domingos, que esteve à frente da extinta Delegacia de Crimes contra a Administração e Serviços Públicos (Decasp), alvo de polêmica ao ser fechada; Wedja de Andrade e Silva e Casimiro Ulisses de Oliveira e Silva, ex-titulares da Delegacia de Crimes contra a Propriedade Imaterial (Dprim). A informação foi publicada no Boletim Geral da SDS da terça-feira (30). No texto, a Corregedoria aponta que Patrícia Domingos não informou à chefia imediata as “diversas irregularidades constatadas na extinta Delegacia de Polícia de Crimes contra a Administração e Serviços Públicos”. A portaria 359/2019 considera “possíveis irregularidades administrativas” relatadas em uma sindicância, instaurada em maio, e que “há indícios de que a servidora, em tese, deu causa a uma transgressão disciplinar descrita no Estatuto dos Funcionários Policiais Civis de Pernambuco”.

Compartilhe em suas redes!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *