Vem mais por aí: Em três anos, quatro prefeitos do Grande Recife são afastados do cargo

Com o afastamento do prefeito de Itapissuma nesta sexta-feira (20), durante a operação da Polícia Civil de Pernambuco, chega a quatro o número de gestores municipais obrigados a deixar os cargos na Região Metropolitana do Recife (RMR), desde 2017, quando os atuais prefeitos tomaram posse. Além de José Bezerra Tenório Filho, conhecido como Zé de Irmã Teca (PSD), precisaram sair da cadeira de prefeito por suspeitas de irregularidades os administradores de Camaragibe, Demóstenes Meira (PTB), do Cabo de Santo Agostinho, Lula Cabral (PSB), e de São Lourenço da Mata, Bruno Pereira (PTB). Destes, Lula Cabral e Bruno Pereira reassumiram e permanecem nos cargos. Há quem aposte que nos próximos meses ou dias mais prisões podem ocorrer no estado. Polícia Civil e Federal, podem estar investigando prefeitos de várias cidades, principalmente na RMR.

Compartilhe em suas redes!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *